Conheça 3 recursos para turbinar seu Boletos Bancários

[vc_row][vc_column][vc_column_text] 

 

 

 

 

 

Boleto Bancário é um meio de pagamento antigo e muito utilizado, com o qual os brasileiros já estão muito acostumados. Com o surgimento da nova plataforma da Febraban,

o ciclo de vida de um boleto tornou-se mais burocrático, e é nosso dever facilitar

a vida do cliente, certo?

 

 

Na verdade, podemos fazer mais:

  • Transformar o boleto em uma ferramenta de publicidade Automatizar o registro dos boletos 
  • Ajudar seu cliente a cobrar os clientes dele de forma muito mais eficiente!

 

Conheça 3 recursos excelentes que você poderá implementar em sua empresa!

 

1. Personalização do Boleto 

Apesar de possuir uma rígida e complexa estrutura no leiaute da guia de pagamento e no recibo do sacado, a parte superior do boleto é livre para personalizações .

No cabeçalho, composto por HTML, você pode inserir imagens, alterar a posição dos elementos, modificar os textos, as ​ fontes, inserir cor de fundo, entre outras possibilidades.

Existem inúmeras razões para que seu cliente personalize os boletos: Trata-se de uma guia com a qual o cliente terá contato visual, um espaço ideal para passar a mensagem que você quiser:

  • Apresentar outros produtos
  • Fixar sua marca
  • Reforçar informações sobre o produto adquirido

iApp Erp agora possui uma funcionalidade que permite realizar essa personalização no HTML do boleto, de forma simples e rápida, podendo salvar ou pré-visualizar até deixá-lo do jeito que você deseja.  

 

2. Transmissão Automática de Remessa e Retorno

É um recurso de comunicação direta com o banco para a troca de arquivos de remessa e retorno, procedimento necessário para operações com boletos bancários registrados.

Com a transmissão automática, não será necessário acessar o portal de cada banco para transmitir remessas e coletar retornos, permitindo que o usuário do seu software faça tudo isso dentro do próprio software de gestão automaticamente, sem esforço algum e sem risco de erros operacionais.

Dessa forma, não precisa mais ficar manipulando arquivos de remessa ou retorno nem acessar portais de bancos!

Funciona assim:

  1. Após a inclusão dos boletos, o cliente solicita a geração de remessa e nós automaticamente enviamos a mesma para o banco.  
  2. Assim que o banco processar as remessas e devolver o retorno, por exemplo, para fazer o registro dos boletos, nós importamos e conciliamos automaticamente  este retorno, e o cliente tem apenas que verificar quais foram as movimentações ou consulta especificamente os boletos desejados para saber o resultado do processamento do retorno.

Tudo isso dentro do software iApp Erp, podendo organizar essas informações em relatórios da forma que desejar.   Se o cliente gera uma quantidade maior de boletos, pode ter certeza que ele já queria essa solução antes de saber que ela existia!

 

. Detector de Abertura, os “Check Marks”  

​ Sabemos que conhecimento e timing são importantes para diversos setores, como por exemplo, para ​ cobranças. Pensando nisso, um recurso para detectar o momento de abertura de um boleto é uma excelente ferramenta para realizar cobranças ativas.

Ao fazer um envio de e-mail utilizando o iApp Erp, uma vez que o sacado (destinatário) abriu o link do mesmo é possível que o cedente saiba disso . Com isso, ele pode tomar diversas ações, por exemplo:

  • Se não foi visualizado e está perto de vencer, ele pode fazer uma cobrança mais proativa.
  • Se foi visualizado , porém ainda não foi pago, o destinatário não terá a “desculpa” de não ter visto o e-mail chegar.  

Uma forma de implementar esses recursos  é através do iApp Erp.

 

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Deixe uma resposta